Covid-19: São José permanece na Fase Amarela até as eleições

http://www.minhasaojose.com.br

Região da DRS XIV será reavaliada dia 16 pelo governo estadual para permanência ou mudança de fase do Plano São Paulo de flexibilização das atividades

Texto: Natália Tiezzi

São José do Rio Pardo, município pertencente à DRS XIV de São João da Boa Vista, continua na Fase Amarela do Plano São Paulo de flexibilização até o dia 15 de novembro. De acordo com a secretária municipal de Saúde, Juliana Flausino, uma nova avaliação para permanência ou mudança de fase será realizada dia 16, após o período eleitoral.

Sobre a Covid-19 na cidade, ela destacou que os números estão estáveis, tanto com relação a novos casos, quanto internações, principalmente na UTI. “Temos uma variação esperada de 20% para mais ou para menos relativa a novos casos, entretanto a maioria são casos leves, que não estão necessitando de internações. Inclusive já estamos há 3 dias sem pacientes internados na UTI”, observou.

De acordo com o último Boletim divulgado na noite de quinta-feira, 5, São José está com 1.056 casos positivos acumulados desde o início da pandemia, com 999 pacientes recuperados e 26 óbitos, ou seja, 31 casos ativos da doença.

“Estamos com números mais controlados porque a população continua com as medidas de prevenção e os atendimentos e tratamentos dos pacientes na Saúde, tanto pública quanto privada estão acontecendo de forma muito positiva. As pessoas realmente estão procurando auxílio médico aos primeiros sinais de gripe, conforme orientação, e isso tem agilizado os diagnósticos e tratamentos sem as evoluções para casos mais graves da doença”, disse Juliana.

Porém, embora controlada, a Covid-19 ainda não acabou, visto que 73 pessoas estão sendo monitoradas e 74 ainda aguardam resultado de exames. “Não podemos de forma alguma relaxar com as medidas de prevenção. Peço para que todos usem máscaras ao sairem de casa e realmente saiam quando necessário, mantendo o distanciamento mínimo de 1,5 metros, e para quem puder continue com o isolamento social, principalmente o grupo de risco”, recomendou Juliana.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br