Cidade em Quarentena: Decreto limita funcionamento do comércio

http://www.minhasaojose.com.br

A Prefeitura acaba de decretar estado de emergência pública no âmbito do município, estabelecendo regime de quarentena. O ato consta do decreto nº 6.189, publicado em edição extra do Diário Oficial Eletrônico.
Diante da necessidade observada, o comércio da cidade vai funcionar limitando a quantidade de acessos e atendimentos.
Missas e cultos religiosos estão suspensos, assim como atividades em academias e estabelecimentos congêneres.

As lojas, agências bancárias e lotéricas terão de limitar o número de pessoas nos estabelecimentos enquanto que nos bares e restaurantes deverá ser obedecido o distanciamento mínimo de 1,5 (um metro e meio) entre as mesas.
Farmácias, padarias, supermercados, açougues, hortifruti, conveniências, distribuidores de gás, postos de combustível, loja de vendas de água, ração para animais poderão funcionar mas devem, também, limitar a quantidade de pessoas.
O cumprimento das medidas será fiscalizado pela Guarda Municipal, Setor de Fiscalização, Vigilância Sanitária e Saúde. Estabelecimentos que descumprirem as normas serão punidos, podendo até ter o alvará cassado.
O objetivo das medidas é restringir a concentração de pessoas, uma vez que, até o momento, com as ações já adotadas a população ainda não se conscientizou da necessidade de evitar as aglomerações.

As informações e fotos são da Assessoria de Imprensa da Prefeitura.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br