Alerta à Dengue: Eliminação de criadouros também deve acontecer no inverno

http://www.minhasaojose.com.br

Desde janeiro até meados de julho, Vigilância recebeu mais de 290 notificações, com 70 casos positivos e 206 aguardando resultado de exames

Mesmo com as temperaturas mais baixas os cuidados com a Dengue devem ser os mesmos que durante o verão. “A eliminação de criadouros deve continuar e os munícipes podem aproveitar o período de estiagem para limpeza de caixas d´água, calhas, etc. O combate ao mosquito Aedes Aegypti deve ser constante”, recomendou Gisele Santos Flausino, enfermeira coordenadora da Vigilância em Saúde.

Ela destacou que desde janeiro até a última sexta-feira, 19, a Vigilância havia recebido 293 notificações, sendo 206 delas aguardando por exames. “Deste total, 70 casos autóctones foram confirmados em diversos bairros da cidade. Dois casos confirmados importados e 15 descartados”, informou.

Gisele explicou que alguns casos estão sendo confirmados em julho devido às chuvas que ocorreram antes deste período mais frio. “Tivemos um aumento de casos com relação ao ano passado e por isso devemos estar sempre alertas com a Dengue, seja no verão ou inverno. Os trabalhos realizados pelos agentes do Centro de Controle de Zoonoses também continuam e é importante que as pessoas colaborem e os deixem fazer os trabalhos de eliminação de criadouros casa a casa. Lembrando sempre que sem criadouros não há mosquito e sem mosquito não há doença”, finalizou.

http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br
Secured By miniOrange