Agosto Dourado: Santa Casa recebe fonoaudióloga para roda de conversa sobre Amamentação

http://www.minhasaojose.com.br
A Fonoaudióloga Thaís Fontão com parte da equipe de profissionais que atua na Maternidade da Santa Casa

Como apoio e incentivo à Campanha Agosto Dourado, a Santa Casa de Misericórdia de São José do Rio Pardo recebeu a fonoaudióloga Thaís Fontão, que também é credenciada SAVISA, para uma roda de conversa direcionada aos profissionais que atuam no setor da Maternidade.

O tema do encontro foi “Amamentação: Mitos e Verdades”, onde os profissionais receberam dicas de como incentivar ainda mais as mamães ao aleitamento materno, principalmente do ponto de vista da fonoaudiologia.

Além da roda de conversas, Thaís também foi mais uma profissional entrevistada pela Operadora SAVISA, que está trazendo matérias especiais sobre a importância da amamentação. “A Campanha de 2021 da SMAM – Semana Mundial da Amamentação tem como tema: “Proteger a amamentação – uma responsabilidade de todos!” E meu sonho é ter a parceria de TODOS os profissionais da saúde e familiares da mãe e do bebê (rede de apoio) falando a mesma língua em prol do alimento que é, SEM DÚVIDA, a melhor proteção para mãe e para o bebê”, observou Thaís.

Confiram, abaixo, a entrevista na íntegra

Thaís, por que a amamentação é tão importante do ponto de vista da fonoaudiologia?

Thaís Fontão: Costumo dizer que a mesma musculatura que trabalha no aleitamento materno é a que vai, em futuro próximo, ser usada para falar. Nosso trabalho no início da vida é preventivo. Com o aleitamento podemos prevenir malformações dentárias, hipofunção de língua, problemas respiratórios além do estímulo cognitivo e do maior vínculo mãe e bebê, o que vai refletir na comunicação de forma global.

É verdade que bebês que mamam no peito respiram melhor?

Sem dúvida! O aleitamento materno estimula a respiração nasal e consequentemente o trabalho da musculatura orofacial, além de ser importante aliado na prevenção das alergias respiratórias.

E o que o aleitamento materno contribui à fala do bebê?

O bebê que suga em mama materna faz um exercício diferenciado da musculatura do sistema sensório motor oral (língua, lábios e bochechas), ajudando, também, no preparo dessa musculatura para a mastigação. É um “trabalho de equipe”

“Meu sonho é ter a parceria de TODOS os profissionais da saúde e familiares da mãe e do bebê (rede de apoio) falando a mesma língua em prol do alimento que é, SEM DÚVIDA, a melhor proteção para mãe e para o bebê”, observou Thaís

Há outros benefícios a longo prazo para crianças que mamam no peito relativos à dentição, etc?

Sim! A sucção do bebê estimula o desenvolvimento dos ossos da maxila e mandíbula, que ainda não estão completamente formados no recém-nascido.

As mamães podem procurar um fonoaudiólogo antes mesmo do bebê nascer para auxílio na amamentação?

Podemos fazer sim uma consulta pré-natal para esclarecimentos de dúvidas e desmistificações de alguns temas que podem prejudicar a amamentação, inclusive nos primeiros dias de vida do bebê. Porém, esse trabalho deve ser feito pelo fonoaudiólogo capacitado para trabalhar com o binômio mãe e bebê. Temos uma leve noção dessa atuação durante a faculdade, porém somente após a graduação é que nos aperfeiçoamos no tema.

Para finalizar, como um fonoaudiólogo pode auxiliar essa mamãe, principalmente as de primeira viagem, a ter êxito na amamentação?

Com muitas técnicas, informações científicas atualizadas e muito, muito acolhimento. Além da laserterapia (feita pelo profissional capacitado), que após cuidadosa avaliação e adaptação da mamada ajuda muito no alívio da dor e cicatrização de possíveis fissuras.

Nas fotos acima, uma parte da equipe da Maternidade que participou da roda de conversa com a fonoaudióloga em alusão ao Agosto Dourado
http://www.minhasaojose.com.br
error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores pelo e-mail: minhasaojose@uol.com.br
%d blogueiros gostam disto: