“A Natureza” será o tema do espetáculo de final de ano de Laís Viana Escola de Dança

http://www.minhasaojose.com.br

Encenado por 128 alunos, evento quer propor uma reflexão sobre a importância da preservação ao Meio Ambiente

Reportagem e texto: Natália Tiezzi Manetta

Um dos mais tradicionais espetáculos de dança de final de ano, promovido por Laís Viana Escola de Dança, será encenado dia 8 de dezembro, a partir das 19h30, no ginásio poliesportivo do Rio Pardo Futebol Clube.

Em sua 5ª edição, o espetáculo, cujo tema é “A Natureza” trará uma reflexão sobre a importância da preservação do Meio Ambiente, que deve começar desde as crianças. “Esse ano saímos dos contos de fadas para o mundo real, para um mundo em que os humanos, com toda inteligência, tecnologia, ganância, vêm interferindo diretamente no bem mais precioso do sistema: A Natureza. Dona de toda beleza, responsável pelas nossas vidas, e de uma força e imensidão incríveis, ela nos fornece A VIDA. Como resposta, nós queimamos, desmatamos, destruímos e não sabemos ser gratos ao que nos fornece. Mas, ela é a Natureza, ela cuidou e alimentou de espécies maiores que nós, humanos. Ela vai evoluir, ela vai continuar e vocês? Essa é a conscientização que queremos despertar com o espetáculo deste ano”, afirmou a bailarina Laís Regina Viana Nascimento.

Toda a produção do evento, coreografias e figurinos foram trabalhados por Laís e sua equipe, formada por mais 5 professores de Dança. “Desta vez, como não havia um roteiro a seguir como costumava acontecer com as apresentações anteriores, pudemos ter mas liberdade para criar”, contou.

A apresentação contará com a participação de 128 alunos da Escola de Dança, desde crianças de 3 anos até adultos. “Eles aguardam ansiosamente por esse espetáculo e se dedicam ao máximo para apresentar muito além da técnica das danças, mas amizade, trabalho em equipe, disciplina, enfim, todo universo que envolve a Dança”, observou Laís.

Ela também mencionou a parceria de 3 anos com o Rio Pardo Futebol Clube para a apresentação do espetáculo. “O clube sempre abriu as portas para a escola e neste ano novamente. Sou grata ao presidente Marcelo Zanetti por nos propiciar essa parceria, pois o ginásio do clube é um dos únicos locais da cidade que atendem as necessidades estruturais para a apresentação”.

UM NOVO ESPAÇO, UMA NOVA ESCOLA

Laís falou sobre o novo espaço que a Escola ocupa, à rua Dr. João Gabriel Ribeiro, 225, inaugurado neste ano. “Foi um sonho realizado, pois investimos na reforma e procuramos manter a arquitetura original, muito rica, por sinal, e que acabou remetendo ao próprio espírito da escola, que contempla a arte em um espaço moderno, porém clássico”.

Alunos, pais e professores ficaram satisfeitos com a mudança. “O ambiente reflete e até interfere em qualquer manifestação artística, assim como na Dança. Foi uma mudança aprovada e benéfica para todos”.

Além disso, o espaço também foi estruturado para uma Escola, com formação técnica em Dança (professores e bailarinos), sendo que para fazer este curso específico as pessoas tinham que sair de São José. “As avaliações do espaço, das aulas, inspeções devem ocorrer no próximo ano, mas estamos otimistas que tudo vai dar certo, já que durante a reforma pensamos também neste objetivo, que era oferecer a formação técnica aos nossos alunos que queiram se tornar professores e bailarinos”, explicou Laís.

A Escola oferece cursos a partir dos 3 anos (Baby Class), Ballet Clássico para todas as idades, Jazz, Dança Contemporânea, Dança Urbana, Ritmo Fitt, além de técnicas de pontas e repertórios.

Apesar dos custos que possui com a manutenção do espaço, Laís disse que ainda mantém alunos bolsistas na Escola. “Não consigo ver um talento na Dança que não tenha condições de pagar a mensalidade e simplesmente ignorar. Nos últimos anos sempre promovemos audições para alunos que realmente queiram aprender e não tenham condições financeiras, pois só talento não basta, também é preciso vontade e dedicação”, disse.

Ela destacou dois destes alunos, ambos chamados Gustavo, que despontaram na Dança e hoje estão em academias conceituadas no Rio de Janeiro e em São Paulo. “Essa é a maior satisfação do professor: notar que aquela bolsa de estudos foi transformada em profissão, com dedicação e talento andando juntos. Esses dois alunos realmente não tinham condições, mas tinham muita vontade e hoje são referências na Dança”.

Laís está otimista para a Escola no próximo ano. “Acredito que estamos colhendo frutos daquilo que plantamos há anos. Este espaço, a transformação do estúdio em escola, a satisfação dos alunos, pais e professores, enfim, tudo isso é um grande incentivo para 2020”, finalizou.

Serviço: Apresentação “A Natureza”: Convites para associados do RPFC: R$ 15,00. Não associados: R$ 20,00. Crianças até 3 anos não pagam. Crianças a partir dos 3 anos até 8 anos, R$ 10,00. Os convites, limitados, já estão sendo comercializados na Escola de Dança e na portaria do RPFC.

http://www.minhasaojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Caso queira reproduzir este conteúdo, entre em contato com os editores minhasaojose@uol.com.br